Review: 3001 – Odisseia Final

3001 - Odisseia Final
3001 – Odisseia Final by Arthur C. Clarke
My rating: 5 of 5 stars

Este é o último livro da série iniciada com “2001: Uma Odisseia no Espaço” e continuada com “2010: Segunda Odisseia” e “2061: Terceira Odisseia”, no qual Arthur C. Clarke proporciona uma conclusão magistralmente bem concebida à história dos monólitos e respectivo significado para a evolução da espécie humana. Aqui, o autor dá finalmente a explicação completa sobre a natureza dos monólitos e respectivo objectivo, bem como sobre as características da raça extraterrestre que concebeu os monólitos e respectivos planos para as espécies inteligentes que viessem a surgir no sistema solar. Não sendo novamente uma continuação directa dos livros anteriores, continua a ser uma narrativa da história dos protagonistas dos livros anteriores, neste caso do astronauta Frank Poole que tinha sido” assassinado” pelo computador HAL em 2010, deixado a vaguear no espaço dentro do seu fato espacial e que é recuperado por uma nave terrestre nos limites do sistema solar no início deste livro e trazido de volta à vida por intermédio das avançadas tecnologias que a espécie humana desenvolveu ao longo de um milénio e domina em 3001. Neste livro extraordinário Arthur C. Clarke dá-nos a oportunidade de imaginar o esplendor tecnológico da civilização humana no início do terceiro milénio, incluindo na história artefactos tecnológicos e construções de nível planetário que foram já previstos na literatura científica do ponto de vista teórico, mas cuja implementação exige materiais e avanços tecnológicos ainda fora do alcance do nível actual de desenvolvimento da ciência e da engenharia. Para além deste manancial tecnológico, o autor dá-nos ainda a oportunidade de perceber qual o importante papel que todos os protagonistas da série, incluindo a inteligência artificial de HAL, e os astronautas Dave Bowman, Heywood Floyd e Frank Poole, em paralelo com o génio humano, desempenham no futuro da humanidade que enfrenta a extinção por acção dos omnipresentes monólitos que foram deixados no sistema solar (um em Olduvai – 2001; outro na lua – 2010 e o terceiro em Europa – 2061). Em suma, é espectacular este terceiro livro da série das 4 odisseias de Arthur C. Clarke! Isto é a genuína FC no seu máximo, com um excelente final apoteótico! Esta conclusão da série é absolutamente imperdível para todos os aficionados de Ficção Científica!

View all my reviews

Sobre Nuno Magalhães Ribeiro

Professor Universitário e Autor especialista em Engenharia Informática.
Esta entrada foi publicada em Ficção Científica, Literatura com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s