Review: Némesis

Némesis
Némesis by Isaac Asimov
My rating: 5 of 5 stars

Isaac Asimov é, sem dúvida, um dos grande nomes na Ficção Científica. A sua imaginação e o seu estilo de escrita cativa imediatamente o leitor e proporciona uma experiência absolutamente absorvente. Neste livro, o autor constrói uma narrativa fluída, combinando e alternando descrições com diálogos, fazendo com que seja muito fácil seguir o fio da história, que neste caso se baseia numa estratégia narrativa em que, em capítulos alternados, os acontecimentos do passado se vão aproximando do presente, encontrando-se finalmente numa esperada reunião perto do epílogo do livro, mas cujo desfecho é inesperado.
Asimov aborda neste livro, num futuro situado no ano de 2236, a hipotética descoberta de uma estrela gémea do Sol, designada por Némesis, a apenas 2 anos-luz de distância do sistema solar, que possui o seu próprio sistema planetário e cujo movimento de aproximação ao sistema solar terá efeitos catastróficos na alteração da órbita do planeta Terra, destruindo a respectiva habitabilidade pela vida humana (entre outras formas de vida). Recorrendo a artefactos tecnológicos avançados que incluem estações espaciais designadas por colónias que albergam milhares de colonos e que orbitam a Terra, Marte e a cintura de asteróides situada entre Marte e Júpiter. Inclui ainda descrições muito interessantes sobre viagens espaciais recorrendo a tecnologia de hiperassistência (que permite viagens a velocidades alternadas subluz e ligeiramente superior à velocidade da luz, de modo que a velocidade média seja a velocidade da luz), bem como a tecnologia superluminal que, esta sim, permite a realização de viagens no hiperespaço a velocidades constantes e várias vezes superiores à velocidade da Luz. Em paralelo, Asimov aborda igualmente a descoberta de uma inteligência extraterrestre no sistema de Némesis cuja principal característica é resultar de uma inteligência distribuída por milhares de células vivas individuais, uma ideia que nos faz recordar a inteligência extraterrestre descrita por Robert A. Heinlein no seu livro “Os Filhos de Matusalém”. Os personagens da história são descritos com bastante realismo e possuem todos personalidades distintas que levam o leitor a criar simpatias e antipatias de acordo com as respectivas crenças. Abordando, entre outros, aspectos que se relacionam com o racismo, o individualismo, a telepatia e a empatia, Asimov traz-nos outro grande romance com todos os ingredientes da melhor Ficção Científica. Globalmente, considero que este livro é excelente, dos melhores que já li dentro do género da FC. Lembrem-se, Némesis acabará por vir, de uma forma ou de outra!

View all my reviews

Sobre Nuno Magalhães Ribeiro

Professor Universitário e Autor especialista em Engenharia Informática.
Esta entrada foi publicada em Ficção Científica, Literatura com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s