Review: Um Túnel no Céu

Um Túnel no Céu
Um Túnel no Céu by Robert A. Heinlein
My rating: 3 of 5 stars

Apreciei bastante a leitura deste livro de Heinlein, sobretudo no que diz respeito à criatividade do autor na construção de uma história que lhe permite explorar as características que fazem dos seres humanos uma espécie única, e a mais “perigosa”, nas palavras do autor, quando comparada com todas os perigos que podem ser encontrados por toda a “galáxia”.

É sem dúvida um grande livro de Heinlein – compreende-se como muito do imaginário deste autor seminal da Ficção Científica inspirou muitos dos livros de autores mais recentes de géneros que incluem não só a SciFi mas também a Fantasia, e as distopias das recentes obras de Young Adult. Por exemplo, a premissa de base que sustenta a trama deste livro, uma prova de sobrevivência num “planeta alienígena” onde os jovens são largados para competirem e tentarem sobreviver até ao final da prova é , em conceito, muito semelhante à premissa de base da trilogia dos “Jogos da Fome” de Susan Collins.

Apesar da construção da narrativa se basear em personagens algo opacos e diálogos pueris, o desenvolvimento da narrativa acaba por cativar a atenção do leitor, muito devido às reflexões que o autor nos proporciona quanto aos desafios com que a sociedade humana se deparou ao desenvolver-se a partir de um estado primitivo, à medida que a civilização foi sendo desenvolvida. Na verdade, o livro oferece algumas pérolas para reflexão, tais como: “A descoberta mais importante da humanidade foi o governo; mas também a mais difícil de gerir”. À medida que o protagonista se vai deparando com vários desafios inerentes à necessidade mais básica de sobrevivência, os restantes personagens vão assumindo os seus papéis, representando os protótipos que funcionam como os pilares de uma sociedade civilizada. O interesse deste livro reside precisamente aí, na apreciação da forma como um grupo de pessoas se organiza, ou sente necessidade de se organizar, para aumentar as respetivas probabilidades de sobrevivência num ambiente hostil, servindo igualmente para moderar as tendências individualistas de cada ser humano.

Infelizmente, a edição de bolso da Europa-América sofre de um péssimo trabalho de tradução, contendo frases completamente idiotas, confusão de conceitos que resultam da falta de correspondência entre a palavra/expressão original escrita em Inglês, que facilmente se adivinha qual é, e a palavra/expressão que foi escolhida durante a tradução. Este aspeto prejudica a leitura e exige algum esforço durante a leitura para se apreender o significado original pretendido pelo autor.

Resumindo, este é um livro que vale a pena ler por todos aqueles que são aficionados da Ficção Científica e que apreciam a leitura de uma dos grandes nomes deste género literário.

View all my reviews

Sobre Nuno Magalhães Ribeiro

Professor Universitário e Autor especialista em Engenharia Informática.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s